Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

OAB ES - Perícia Computacional Forense, por Gilberto Sudré - Fernando Claro: "O valor dos ativos das empresas está sendo transferido dos recursos materiais para o capital intelectual" afirma Gilberto Sudré

Justiça cita Caarj por dívida de antigas gestões - Fernando Claro destaca: " Infelizmente, denúncias como essa acabam gerando processos disciplinares contra quem está denunciando."

OAB vai ouvir os advogados brasileiros sobre processo eletrônico - Conselheiro da OAB, José Guilherme Zagallo, assevera: " Ordem não é contra o processo eletrônico, mas não se pode exigir do advogado que faça processo eletrônico se ele não tem internet de qualidade ou não tem sequer provedor”.

..:: OABRJ ::.. ARTIGOS - 09-10-2012 Cuidados com o certificado digital - Júlio Cosentino - O CLARO: A OAB-RJ, em 2007, CANCELOU INSCRIÇÃO DEFINITIVA DE ADVOGADO GRAVEMENTE ENFERMO, VIA FAX, CUJO NÚMERO É DE PESSOA JURÍDICA ALHEIA À RELAÇÃO INSTITUCIONAL, E AINDA, ENVIADO DE OUTRO ESTADO QUE NÃO O DA SECCIONAL ONDE ADVOGADO TEM SUA INSCRIÇÃO E DOMICÍLIO.

..:: OABRJ ::..Vitória sobre a escravidão - Wadih Damous - O CLARO: DEMAGOGIA: Sr. Wadhi escreve para platéia, pois torna escravos Advogados em débito com anuidades, mesmo quando há justa causa para inadimplência tal como enfermidade grave comprovada que leva à incapacidade de trabalho e inscritos na OAB-RJ

OABRJ -.Veja a lista de benefícios para inscritos na OAB/RJ - Final de mandato e Natal. Papai Noel de saco cheio!

Anulação de atos de advogado suspenso pela OAB não é automática - O ministro Luis Felipe Salomão, relator, destacou que a decretação de nulidade só é factível quando não se puder aproveitar o ato processual em virtude da efetiva ocorrência e demonstração de prejuízo, uma vez que a invalidade processual é sanção aplicável apenas quando conjugados o vício do ato processual e a existência de prejuízo.

Lenio Luiz Streck - Conjur - Senso incomum: As portarias, o mensalão e o "fator Carminha" - Os juristas brasileiros parecem ter uma paixão pela legislação “baixo clero”, como portarias, resoluções e instruções normativas." Como exemplo Provimento 42/78 do EAOAB vale mais que cláusulas pétreas da CF como o Direito ao Trabalho, à Dignidade, à Honra, à Cidadania...