Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

CAMPANHA “SOLIDÁRIOS COM FERNANDO CLARO” 2014 - Ajudem a divulgar e repassar a Causa deste advogado. Fraterno abraço do blogueiro Fernando Claro

CAMPANHA “SOLIDÁRIOS COM FERNANDO CLARO” 2014 -  Vitória, Espírito Santo, 27 de abril de 2014
CAMPANHA “SOLIDÁRIOS COM FERNANDO CLARO” VISANDO ARRECADAÇÃO DE QUANTIA PARA EMPREENDIMENTO REMUNERADO NAS REDES SOCIAIS E OFERECIMENTO DE SERVIÇOS NA INTERNET 
Caros amigos, amigas e companheiros
Encorajado e estimulado pela solidariedade de amigos e amigas aceitei a sugestão de lançar nas redes sociais uma vaquinha na WEB.
Como quase todos os amigos e colegas devem saber eu sou advogado, formado em 1982, pela UFRJ/CACO. Porém, devido a grave enfermidade em 2004 que se estendeu até 2007, com recidiva em 2009, acabei perdendo a capacidade de trabalhar nos vários escritórios em que prestava meus serviços no Estado do Rio de Janeiro.
Escrevi vários e-mails para o Presidente da OAB-RJ, de 2007 até 2011, mas o referido presidente não se dispôs em me prestar a solidariedade devida conforme determina o Estatuto da Advocacia, pois cabe à OAB disciplinar e punir atos dos advogados, defender eficaz e …

G1 - Filho de Fernandinho Beira-Mar recebe alvará e deixa presídio na PB - notícias em Paraíba - "“Desde a publicação da sentença na quarta-feira a prisão de Luan passou a ser é ilegal”, afirmou a advogada de defesa, Cynthia Denize Cordeiro." Decisão decisão liminar foi prolatada pelo Ministro Celso de Mello e Luan foi solto.

MPF discute destinação dos royalties do petróleo para educação — PRRJ - Procuradoria da República no Rio de Janeiro - "Nenhum país do mundo prosperou sob a ótica dos direitos humanos sem antes garantir a qualidade de ensino". A frase do procurador da República Eduardo Santos de Oliveira na abertura do Fórum Nacional Royalties e Direitos Humanos deu o tom das discussões que se seguiram durante o evento, realizado no Teatro Municipal Trianon, em Campos dos Goytacazes, na última sexta-feira (4).

Retrocesso e morosidade | Justiça e Cidadania - A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de enviar os inquéritos policiais primeiro para o Judiciário e só depois ao Ministério Público representa para o procurador de Justiça Antonio Carlos Biscaia, chefe da Assessoria Criminal do Ministério Público, um retrocesso e mais lentidão ainda na tramitação dos procedimentos. O pedido foi feito pela Associação dos Delegados de Polícia.

A NOVA BATALHA DO LUNGARETTI CONTRA AS BUROCRACIAS LETÁRGICAS, INSENSÍVEIS E ATRABILIÁRIAS - EM TEMPO "DE ARBITRARIEDADE CONSCIENTE, DE HUMANIDADE DESUMANIZADA, NADA DEVE PARECER NATURAL, NADA DEVE PARECER IMPOSSÍVEL DE MUDAR" (Brecht)

A NOVA BATALHA DO LUNGARETTI CONTRA AS BUROCRACIAS LETÁRGICAS, INSENSÍVEIS E ATRABILIÁRIAS Passei o ano de 2004 e metade do de 2005 travando uma dramática batalha pública para que a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça respeitasse o direito que, como desempregado, eu tinha à priorização do julgamento do meu caso.  Com queixas a várias instituições e entidades, além de denúncias pela imprensa, finalmente consegui que o processo fosse pautado e julgado, passando a receber uma pensão mensal vitalícia como reparação por tudo que sofrera no já longínquo ano de 1970: torturas bestiais, uma lesão permanente e, como consequência da ação espúria dos agentes do Estado, gravíssima estigmatização. Daquela vez, frequentemente acusei de insensíveis as burocracias que tinham meu destino e até minha vida nas mãos (pois o desemprego me levara a uma situação desesperadora). O que nunca imaginei é defrontar-me uma segunda vez com a mesmíssima insensibilidade -para não dizer rancor. É o que está aconte…